Love is in the Art!
29/05/2017
Valorização!
02/08/2017

DJ Alemão

SKATE

Hoje com 43 anos já estou acostumado com a pergunta:
Você é/ foi profissional?
A resposta sempre foi curta e direta:
Imagina, eu nunca tive skate pra isso!

Mas refletindo bem, na minha época pra ser profissional, você tinha que ser “campeonatero”, ter sangue frio pra acertar tudo na hora e no dia que a organização marcasse o campê, quase sempre em local que você nunca andou… Jamais gostei dessa coisa de receber uma nota pelo meu skate naquele dia, que muitas vezes você nem estava “na pegada”… Sempre gostei de andar na hora que me desse vontade e no local que eu queria estar.
Também, não sei desenhar uma casinha com alguém olhando, ahahahah.
Público e juízes com certeza, me travariam, então nem colava!
Resumindo, juízes julgam!
Nunca andei de skate pra ser julgado!!
Andando de skate há 33 anos, desde 1984, nunca esperei dinheiro e fama, apesar de sempre achar muito bacana esse life style e admirar os que conseguiram. O skate me trouxe a VIDA, muito mais do que tudo isso!
Muitos deixaram o sonho de lado e até abandonaram o carrinho, porque não funcionavam sob a pressão de ter que andar pros outros e provar, pelo menos naquele dia, que você foi o melhor. Como disse, sob julgamento.. Outros abandonaram porque nas cabeças deles, o skate não tava dando retorno!
Então preferi trabalhar e comprar minhas peças, andar de skate por amor.
Acho muito bacana o que a tecnologia trouxe pra geração dessa mulecada, as redes socias. Com uma câmera no bolso, hoje um muleque pode viver de skate, sem correr campeonatos, que eram antes a única vitrine pra aparecer.
Hj vejo meu filho e os amigos dele, se dando bem, entrando em marcas importantes, se destacando, apenas se divertindo, e isso é muito legal, andar de skate e jogar seus videos nas redes… Eles não precisam de campeonatos e juízes pra provar que estão aí. andam de skate e todo mundo tá vendo, sem pressão e sem notas.
Alguns insinuam que eu quero pro meu filho o que eu não consegui pra mim, mas eu apenas dei um skate pra ele brincar, ele gostou e se tá andando hoje é porque ele quer, ninguém obriga um muleque a andar de skate, ninguém!!
Ninguém se joga num corrimão ou aprende vários flips, porque o pai quer. Mas em campeonatos até hoje você vê pais botando maior pressão, ficando bravos com os filhos, ahahahhahaha!
É rir pra não chorar!
O apoio da família também faz muita diferença!
Até hoje tem muleque que não perdeu a oportunidade de ficar quieto e guardar sua inveja e dilui-la… falando: “mas esse muleque ta sempre com o papai.”
Pergunto à eles:
Vocês não gostariam de andar de skate com seus pais?
Outra, admiro muito, sou fã mesmo de caras da minha geração como MANCHA, UEDA, BOB, MINEIRINHO, e vários outros, que estavam SEMPRE com suas FAMÍLIAS apoiando e SIM, cuidando de seus filhos, pois a rua não é fácil. Muito fácil no mundo do skate, muleque confundir as coisas e querer ser “gangsta”, fazer merdas achando que é legal!!

Faça a sua parte!!
Ande e divirta-se!!
Skate é liberdade!!

O que vier é lucro!
E se for mesmo por amor, ele lhe trará muuuito mais que dinheiro e fama, lhe trará vida!!
Pode esperar!!

❤️

 

Siga o DJ Alemão nas redes sociais:

Instagram: @alemao_dj_skt
Facebook: marco.theobaldo

Marco Theobaldo, conhecido como Alemão é DJ e está abrindo esta sessão para quem quiser compartilhar a paixão pelo skate aqui no SDA. Se quiser participar, mande seu material para contato@skatedasantigas.com.br com texto e fotos (com devidos créditos de fotógrafos profissionais). Nos reservamos no direito de aprovar ou não o material. O conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as atualizações no seu e-mail!
Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades.