خرید قالب وردپرس قالب وردپرس افزونه وردپرس

Suburbia!
02/11/2017
Convite para SKT ART XP
08/11/2017
Exibir tudo

IDADE X SKATE

E o tempo passou, e a idade chegou.
Me lembro quando comecei andar de skate (1985), eu achava que um cara com 19 anos era velho pra caramba, afinal, “tínha até barba”, haha.
Agora no auge dos meus 45 anos, mesmo que eu não queira, percebo bem que os anos correram, que o skate nessa idade já está bem limitado.
Hora por causa de tempo, hora por causa de algum capote que demora muuuito mais para se recuperar.
Agora os movimentos são mais lentos, os pés e os braços já não sobem tanto, capote besta é coisa corriqueira.
Normal é chegar depois da sessão e tomar um Dorflex para encarar o dia seguinte, hehe, mas tudo sempre muito recompensador.
Acho bacana quando vejo alguns amigos falarem: “Ah!, só de fazer um carvingzinho e dar umas batidas para mim já está bom!”, respeito, mas não sou desse time.
Para mim até hoje é frustrante voltar da session e não ter acertado aquela manobra, ou ter esquecido de dar outra.
Infelizmente e naturalmente, o corpo, agora tem suas limitações, tudo dói, ficar 15 dias sem skate é como se ficasse 1 ano sem andar, volta todo duro, no outro dia dói tudo, mas é sempre bom demais.
Há uns 4 anos atrás eu dei uma cabeçada no bowl, minha culpa também estar sem capacete, mas me lembro bem do dia, eu estava com o skate no pé, andando direto, confiante.
Aí que tá e merda, andar de skate ouvindo música, o corpo tem 45, mas a mente 16 e a gente esquece disso nesse momento.
Nessa empolgação, fui sair voando do bowl de manobra, a roda da frente travou e fui de cabeça no cimento!
Enfim, mas o que fazer com isso?
A idade chegou, as limitações corporais, mas oque a gente faz com a cabeça de muleque ainda, e a vontade de andar de skate à milhão  ouvindo Hardcore?
Anda de skate!
E assim será para sempre, até não aguentarmos mais, a sensação de andar de skate é inigualável, deixar de andar de skate é algo totalmente fora de pauta.
Aqui no SDA temos um membro de 64 anos e que baita exemplo para nós, até parece que até agora eu estava reclamando, mas não! são apenas constatações, que são difíceis de encarar às vezes, mas se levar na boa, tem muito skate ainda pela frente.
Com certeza você tem aquele parente que te fala: “Você ainda anda de skate?”, “Não acha que tá velho para isso não?!”.
Não amigos, não estou!
Mesmo sabendo que em breve chega os 50 anos, como disse antes, “a cabeça tem 16”, não me sinto velho, e acredito que a maioria aqui também não.
Ouvimos os mesmos sons, usamos as mesmas camisetas pretas de banda, assistimos os velhos vídeos e nos divertimos andando de skate!
E agora ainda está melhor, pois muita gente voltou a andar de skate, de certa forma, o SDA é um ponto de encontro de todos, poder rever os amigos, poder andar com os caras das antigas e relembrar o passado.
Para nós o tempo não passa, somos adolescentes que em determinados momentos agora, fazemos o papel de “gente grande”, cuidamos da família, pagamos as contas, tomamos atitudes importantes, mas ainda andamos de skate, e é para sempre!
Seguindo o lema da diversão, vamos remando, acertando essa ou aquela manobra, ou nem acertando nada, mas andando, se divertindo, trocando idéias com os amigos, e vivendo o Lifestyle do Skate.
Se a idade chegou, deixe-a de lado, pule-a como se fosse um obstáculo, azar de quem não anda de skate, nunca vão saber o que sentimos ou o que nos move.
Skate não é esporte, (apesar de estar nas olimpíadas, mas aí é outro assunto) pois está muito além disso, é um estilo de vida, de ver e olhar tudo a sua volta de modo diferente, um modo de viver para sempre jovem.
Mais velho ou não, sempre skatista, com 40, 50, 60, não importa, sempre skatista.
* Ratónes é designer, ilustrador e idealizador do Skate das Antigas. Se quiser participar  desta sessão e compartilhar a paixão pelo skate aqui no SDA, mande seu material para contato@skatedasantigas.com.br com texto e fotos (com devidos créditos de fotógrafos profissionais). Nos reservamos no direito de aprovar ou não o material. O conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.

1 Comentário

  1. Muito bom o texto, bro. O limite quem impõe é você mesmo. Skate sempre. Minas Gerais te espera de braços abertos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as atualizações no seu e-mail!
Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades.