خرید قالب وردپرس قالب وردپرس افزونه وردپرس

DJ Alemão
25/07/2017
Skate X Contracultura
16/08/2017
Exibir tudo

Valorização!

Quando criei o SDA, o principal intuito foi dar a devida valorização ao nosso mercado, ao skate brasileiro e nossos skaters.
Já trabalhando no skate há bastante tempo, pouco vejo isso. Percebo os caras que ainda andam de skate, skatistas profissionais, persistindo, pessoas que tiveram grande nome nos anos 70 e 80, ralando pra se manter andando de skate, ralando para ter material.
E me pergunto, porque grandes nomes do skate nacional que ainda andam de skate, sequer tem um apoio hoje em dia?
Por que será que um cara como esse, que foi meu ídolo, não tem mais um promodel?
Como trabalho no meio do skate, acompanho sempre marcas e tendências, tudo que acontece nos bastidores, lançamentos das marcas e afins.
Há alguns anos ganhei da marca Element um documentário, contando a história da marca e tal. Em determinada parte do vídeo, tem um depoimento do dono da marca.
Nesse momento ele é perguntado por que ter na equipe um cara como Mike Vallely, um skater com um estilo à parte e nada tem a ver com o skate atual, olha a resposta:
“Pessoas me perguntam por que ter Mike Vallely na marca e digo, foi uma grande influência para mim quando comecei a andar de skate, embora ele não ande como os moleques de hoje em dia, é uma honra para nós tê-lo na marca, MV é história do skate!”
Isso se chama VALORIZAÇÃO, reconhecimento, e por que não fazemos isso aqui???
Só vejo as marcas querendo pegar a molecada, mandar pra Barcelona, fazer correr o Street League, e por aí vai.
Bem, todos sabemos que donos de marcas investem nos seus patrocinados, ok. Mas como ficam os Sérgio Negão da vida?
Rui Muleque, Claudio Secco, Wilson Neguinho e muitos outros que aindam andam de skate, que foram ídolos para nós e seu valor foi deixado lá nos anos 80.
Um Steve Caballero quando vai a um evento lá fora, leva 10 mil pessoas, tem vários models de shape, relançam tênis do cara, não deixam a história morrer e por aqui, quase não se vê isso.
Nem é papo de saudosista, mas não sei como isso é possível, grandes nomes se perdendo no esquecimento, sem apoio, será que é por que não venderiam seus produtos?…ou porque a molecada não os conhece?
Ficam essas dúvidas no ar e o meu máximo respeito à todos, tendo sido famosos ou não.
Skate das Antigas continuará fazendo seu papel e dando valor a toda essa geração, que até hoje são nossos heróis.
“Reis” somos nós, skatistas brasileiros, que com muita luta, sem informação ou peças decentes resistimos andando de skate, e alcançamos o ponto mais alto do skate hoje em dia, no mundo todo.

Viva o skate brasileiro!

  • Ratónes é designer, ilustrador e idealizador do Skate das Antigas. Se quiser participar  desta sessão e compartilhar a paixão pelo skate aqui no SDA, mande seu material para contato@skatedasantigas.com.br com texto e fotos (com devidos créditos de fotógrafos profissionais). Nos reservamos no direito de aprovar ou não o material. O conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as atualizações no seu e-mail!
Assine abaixo e fique sempre por dentro das novidades.